De uma conversa entre duas amigas, a gerente comercial Mickaela Correia e a estudante de Agronomia Josélia Silvestre, uma ideia surgiu. As duas conversavam sobre experiências com profissionais negros no estado e perceberam o quanto seria bom um catálogo para isso. Assim surgiu no instagram o perfil Profissionais Negros Ceará.

Com início em fevereiro, cerca de 80 profissionais já foram divulgados. E a programação de novas divulgações já está preenchida até agosto. Para participar, basta enviar uma foto e um texto falando um pouco sobre si e o tipo de serviço a ser ofertado.

“Nós sempre pautamos a raça em primeiro lugar e víamos o quanto era importante utilizarmos serviços de outros pretos. Além de movimentarmos dinheiro, nós também estávamos criando autoestima e reconhecimento profissional a esses profissionais. É uma troca que vai além de só um serviço recebido, é algo que faz bem a quem presta aquele serviço e também a quem consome. Além disso, temos a certeza de sermos bem atendidos, é unânime as pessoas relatarem a qualidade dos serviços. Queremos estabelecer e mostrar não só um trabalho voltado a raça ou a questões sociais, queremos demonstrar que o povo preto pode estar por trás de um empreendimento, ou ser gestor, criador, ser quem ele quiser. Basta ser preto, como diz um dos nossos profissionais, Samuel Quixote”, explica Mickaela.

Apesar de ter começado há pouco tempo, o projeto já conta com uma filial na Bahia, com planos de expansão para outros estados. De olho no crescimento na página no país todo, o próximo passo é a criação de um site. De acordo com uma das fundadoras, a iniciativa já conta com um plajamento estratégico de curto, médio e longo prazo.

“As pessoas tem que parar de achar que pretos fazem coisas amadoras, nos somos mulheres negras, estrategistas e inovadoras. Nós queremos mudar a vida das pessoas e dos negócios pretos e nosso combustível é que lá dentro da cabeça de cada preto neste país, eles tão dizendo isso, a gente só tá tornando o desejo destas pessoas realidade. A Profissionais Negros é o nosso subconsciente reagindo”, destaca.

Deixe um comentário

Categories: Afrossaberes

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *