Acontece no dia 10 de junho, próxima segunda-feira, às 17h, a oficina “Racismo, Saúde Mental e Práticas de Cuidado”, promovida pelo Grupo de Pesquisas e Intervenções sobre Violências e Produção de Subjetividades (VIESES/UFC), coordenado pelo professor da Universidade Federal do Ceará, Dr. João Paulo Barros.

Na ocasião, estão convidados a facilitar a oficina  Luis Fernando Benício, psicólogo, mestre e doutorando em Psicologia pela UFC, a psicóloga Jéssica Rodrigues, também mestre e doutoranda em Psicologia pela UFC, e a historiadora Patrícia Marciano, mestre em História e Culturas e doutoranda em História pela UFPE.

As questões raciais têm se tornado, cada vez mais, objeto de interesse de pesquisadores(as) e profissionais ligados à saúde mental, entendendo que o racismo no Brasil é uma questão que adoece, psíquica e biologicamente, milhares de pessoas negras.

Para os pesquisadores e pesquisadoras do VIESES, “as pesquisas, em sua grande maioria internacionais, sinalizam a necessidade de discutir os efeitos do racismo na saúde mental das populações negras. Isso porque, estruturalmente, o racismo tem movimentado a distribuição desigual de recursos e pior acesso à educação, saúde, habitação, justiça e trabalho; a população negra é maior acometida de transtornos mentais e tem maior dificuldade de autocuidado frente às violências cotidianas”, afirmam.

A este respeito, o psicólogo Luis Fernando Benício afirma que

a Psicologia, como uma profissão orientada pela promoção da dignidade humana, tem o compromisso de cuidar dessas/com essas populações. Localizando-se, antes de tudo, como uma profissão branca. Tem-se falado/construído uma Psicologia afrocentrada; atenta às questões raciais e suas implicações nos processos de subjetivação, além de enfrentar os efeitos da colonização na produção de conhecimento.

Em razão da limitação do espaço e do material a ser utilizado, a atividade se destinará a pessoas negras e negros, acadêmicos(as) ou não, entendendo que a proposta da oficina inclui um momento vivencial, bem como aposta, nas palavras dos(as) realizadores(as), “na potencialização de um espaço de cuidado compartilhado junto às populações negras, contidamente atravessadas por práticas de racismo”.

_

Serviço: Oficina “Racismo, Saúde Mental e Práticas de Cuidado”
Quando: dia 10 de junho de 2019, às 17h.
Onde: Sala do VIESES – Bloco Helena Cartaxo, Centro de Humanidades 2. Av. da Universidade, 2662
Inscrições: No local. Espaço sujeito à lotação (capacidade máxima: 50 pessoas).
Mais informações: viesesufc@gmail.com

Deixe um comentário

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *