Crédito: Augusto Oliveira

Nesta quarta-feira, 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, o grupo Nóis de Teatro apresenta um de seus principais espetáculos: “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”. Com passagem pelo Laboratório de Teatro do Porto Iracema em 2017, a companhia comemora em 2019 cinco anos de estreia da peça. A apresentação, na entrada da Escola, tem início às 19h e é aberta ao público.

O espetáculo, vencedor do Prêmio Funarte de Arte Negra, conta a história de Natanael, uma espécie de anti-herói habitante das periferias. Dividido em três atos, é contada a saga de um menino negro que, inserido num contexto de opressão e violência, é levado a tomar decisões que lhe custarão um julgamento popular. Convocado à decisão sobre o destino de Natanael, o público se vê inserido num forte debate sobre o extermínio da juventude negra nas periferias, além da desmilitarização da polícia e da política brasileira.

Sobre o grupo

Nóis de Teatro atua desde 2002 na periferia de Fortaleza (CE). Nesses 16 anos, o grupo resiste em sua comunidade desenvolvendo projetos culturais no Território de Paz do Grande Bom Jardim, tornando-se uma das referências nacionais de trabalho artístico desenvolvido em periferia. A pesquisa estética do grupo tem como matriz um olhar político sobre a sociedade, apoiando-se na poética democrática dos espaços públicos como lugar de encenação e descobertas. As vertentes do Teatro Épico Dialético e suas interfaces com a performance do ator de rua contemporâneo tem sido o mote para a sua construção poética, refletida no seu atual repertório de espetáculos: “Ainda Vivas”, “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro”, “Despejadas”.

Outras ações
Além da apresentação teatral desta quarta, ao longo do mês o Porto Iracema das Artes vem promovendo e recebendo outras formações e eventos sobre questões relacionadas à negritude. Na sexta-feira, dia 22, a ativista e representante do Instituto Negra do Ceará (INEGRA), Sarah Nobre, é a convidada da roda de conversa “Identidades negras no tempo presente”, que será mediada por alunos do curso de Dança da Universidade Federal do Ceará, em parceria com o Porto Iracema. A atividade acontece a partir das 15h, no CENA 15.

Fechando o mês, no dia 29 de novembro, o Porto Iracema recebe a roda de conversa e a apresentação do Trabalho de Conclusão de Bacharelado em Dança da UFC “Festa da bunda preta”, de Dayana Vieira. O evento inicia às 18h, no pátio da Escola, aberto ao público.

 

Serviço
O quê: Em Dia da Consciência Negra, Nóis de Teatro apresenta “Todo Camburão Tem Um Pouco de Navio Negreiro” no Porto Iracema
Quando: Quarta-feira, dia 20 de novembro, a partir das 19h
Onde: Entrada do Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160, Praia de Iracema)
GRATUITO

Crédito da imagem no topo: Luiz Alves

Deixe um comentário

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *