>
23 de Julho, 2021
Vaya de Akin Omotoso Africa do Sul 2016 01 cred Rififi Pictures

Cine África vai até dezembro

Inicialmente previsto encerrar em novembro, o Cine África será estendido até dezembro. O festival vai contemplar quatro novos filmes a partir do dia 3/12.

A nova leva inclui produções da África do Sul, Gabão, Nigéria e Tunísia. Todas as produções serão exibidas legendadas. Os títulos são: “O Africano que Queria Voar” (2016), de Samantha Biffot, “Kasala!” (2018), de Ema Edosio, “Olhe Para Mim” (2018), de Néjib Belkadhi e “Vaya” (2016), de Akin Omotoso

As exibições são gratuitas e acontecem no site da plataforma Sesc Digital. Disponível apenas para o Brasil, cada filme será disponibilizado durante uma semana.

A curadoria da mostra é de Ana Camila Esteves. No mês de dezembro também acontece o lançamento de um e-book exclusivo com artigos, ensaios, entrevistas e críticas. O Cine África é uma realização do Sesc São Paulo.

Atração do dia 3 de dezembro, “Vaya” (2016) acompanha a vida de três personagens que desembarcam em Joanesburgo (África do Sul): uma jovem bailarina, um menino à procura de trabalho e um homem que busca o cadáver do pai. No dia 10 é a vez do drama “Olhe Para Mim” (2018), que narra o retorno de um imigrante à Tunísia para cuidar de seu filho autista. As duas produções estrearam no Festival de Toronto.

A vida de Luc Bendza, ator gabonense que se tornou uma estrela do kung fu na China, é o tema do documentário “O Africano que Queria Voar” (2016), filme do dia 17. Já a comédia “Kasala!” (2018) encerra o Cine África no dia 24 com uma divertida comédia sobre um dia na vida de quatro amigos em Lagos, na Nigéria. Ambos os títulos marcam a estreia na direção em longas das jovens realizadoras Samantha Biffot e Ema Edosio, respectivamente.

Cine África – Sessões Extras | Dezembro/2020

Os filmes serão exibidos na plataforma Cinema #emcasacomsesc | Gratuito

Maiores informações no site: mostradecinemasafricanos.com 

Dezembro

03/12 (qui) – “Vaya”, de Akin Omotoso (África do Sul, 2016) – 115 min – Drama – 14 anos;

10/12 (qui) – “Olhe Para Mim” (“Regarde-moi”), de Néjib Belkadhi (Tunísia/França/Catar,

2018) – Drama – 98 min – Livre;

17/12 (qui) – “O Africano que Queria Voar” (“The African Who Wanted to Fly”), de Samantha Biffot (Gabão/França/Bélgica/China, 2016) – Documentário – 70min – Livre;

24/12 (qui) – “Kasala!”, de Ema Edosio (Nigéria, 2018) – Comédia  – 90 min – 14 anos.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *