O ator Terry Crews, 51, afirmou que episódios da oitava temporada da série Brooklyn Nine-nine estão sendo reescritos devido ao Black Lives Matter – BLM (Vidas Negras Importam). Surgido nos Estados Unidos, o movimento capilarizou-se no mundo e tem causado influência na retratação da Polícia no seriado de comédia.

A equipe de roteiristas é liderada pelo escritor e produtor de televisão Dan Goor, 45, e ainda não sabe bem qual direcionamento seguir, conforme o ator. Ele, porém, não enxerga isso como algo ruim. “Nós tivemos papos sérios e conversas profundas e esperamos que isso nos leve a fazer algo realmente inovador. Temos uma oportunidade e queremos usá-la da melhor maneira possível.”

Desde 2013, Crews interpreta o sargento Terry Jeffords em Brooklyn Nine-nine (2013-presente). A trama traz o cotidiano da 99ª delegacia policial do Brooklyn, um bairro de Nova Iorque, nos Estados Unidos. O ator e ativista negro também é famoso pelo papel de Julius Rock na série Todo Mundo Odeia o Chris (2005-2009).

O BLM tem pautado cada vez mais o combate ao racismo, à violência policial e à abordagem abusiva contra a população negra. Os acontecimentos de junho foram noticiados amplamente pela imprensa nacional e internacional. 

Em episódios anteriores, a série já abordou a violência policial da qual o personagem de Terry Crews foi alvo. O ator lembra de que já sofreu o mesmo tipo de abuso quando não era famoso. “Policiais de Los Angeles apontavam armas para a minha cara. Isso é algo que todo negro já passou e é difícil fazer outras pessoas entenderem.”

O plano seguinte da produção norte-americana é abordar os protestos recentes do Black Lives Matter.

Share.

Leave A Reply