Os cabelos crespos precisam de cuidados especiais por terem menos camadas cuticulares e, em decorrência disso, serem mais finos e frágeis. O fio precisa de produtos com fórmulas cuja composição tenha mais lipídios para devolver propriedades umectantes, evitando o ressecamento profundo e a quebra.

Fatores externos também contribuem para danificá-los, dentre eles a má alimentação, o uso de medicamentos e o estresse diário. Se você possui os cabelos crespos e tem sofrido com quebra, acompanhe as dicas do especialista Hugo Leonardo, do Espaço Hugo Leonardo Beleza e Estética, no Rio de Janeiro.

Hugo explica que é preciso fazer um diagnóstico para mapear a origem da queda. Por isso é importante consultar um esteticista capilar que possa entregar para quem sofre com problemas de queda um protocolo mais assertivo.

“O cuidado capilar é básico. É importante higienizar os cabelos com shampoo e condicionador na escala de PH ácido. Vale sempre a pena aplicar um leave-in, que ajuda a permanência dos ingredientes ativos na fibra durante o dia, preservando os agentes ativos, tendo em vista que ele é composto por produtos mais pesados que trazem essa proteção para a fibra”, conta Hugo.

O especialista dá dicas de cuidados e reforça que o cabelo exige atenção, pois quando os fios crespos estão submetidos a procedimentos oxidativos isso pode aumentar ainda mais a fragilidade das madeixas. Ele ensina, então, uma rotina básica de quatro passos:

1 – Observar qual o produto que você aplica para mudança de forma;

2 – Observar qual o produto que você usa para mudança de cor;

3 – Observar qual o produto que é utilizado para clarear o fio;

4 – Partir para ação: Após passar por algumas dessas mudanças, os cabelos precisam passar por outra minuciosa análise para possível devolução dos ingredientes ativos perdidos em forma de hidratação, reconstrução, nutrição e cauterização.

PARA MAIS NOTÍCIAS SOBRE SAÚDE, CLIQUE AQUI.

Share.

Leave A Reply