>
26 de Setembro, 2021
baoba site

Espetáculo inspirado em mitologias africanas estreia em espaço cultural virtual

Inspirado no caráter cíclico das mitologias africanas e costurado por textos da poeta Conceição Evaristo, o espetáculo Meus Cabelos de Baobá, do Rio de Janeiro, estreou na última sexta-feira (13) no Teatro WeDo!, espaço cultural que alia cultura e tecnologia.

Com Fernanda Dias, Beá e Ana Paula Black e direção de Vilma Melo, Meus Cabelos de Baobá se desenvolve em torno de diálogos da Rainha Dandaluanda com o Baobá, árvore milenar de origem africana, que a ensina sobre os valores africanos e desperta sua autoestima, sua beleza singular, sua força ancestral e sua identidade negra.

A atriz e bailarina Fernanda Dias, que concebeu a peça em uma viagem ao Senegal, há anos idealizava um espetáculo que mostrasse de uma forma poética o universo feminino negro e as estéticas negras brasileiras e africanas. Com trilha musical tocada e cantada ao vivo, o espetáculo se desenvolve em torno de Dandaluanda.

Ao se deparar com episódios nevrálgicos na infância, a menina fantasia um diálogo com um Baobá e é correspondida. A magia que emana da árvore invade a cena e faz com que a mulher Dandaluanda, também alimentada pela sua ancestralidade, valorize sua identidade negra e se torne rainha. Como um Sankofa, pássaro que retorna ao passado para ressignificar o presente e construir o futuro, Dandaluanda desperta para uma nova vida. Primeiro, como menina; em seguida como mulher e finalmente como rainha.

Com ingressos no valor de R$ 10, R$ 20 e R$ 50, o espetáculo fica disponível por 30 horas após a compra do ingresso. Acesse: https://www.sympla.com.br/meus-cabelos-de-baoba__1306572

Teatro WeDo!

Inaugurado em fevereiro de 2021, o Teatro WeDo! é o primeiro teatro virtual e imersivo em 360º da América Latina e o primeiro espaço da área cultural homologado pela plataforma Sympla. Com mais de 40 mil acessos, 15 mil espectadores distribuídos por 23 estados brasileiros e 13 países e a realização de três festivais teatrais e 13 espetáculos, o teatro já recebeu peças de grandes nomes do teatro brasileiro, como Zé Celso, Irene Ravache, Pedro Granato, Silvero Pereira, Liliana Castro e Luis Lobianco.

Com informações do Alma Preta

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *