Legado, empoderamento e representatividade. Essas são as pautas da campanha do GNT “Isso é Coisa de Preta”, que busca ressignificar a fala racista de modo a exaltar as mulheres negras e evidenciar as várias possibilidades que elas têm diante de si. As peças, que estão sendo veiculadas na TV e redes sociais do canal a partir desta quinta-feira (28/10), na véspera do mês da Consciência Negra, têm o objetivo de inverter perspectivas e demonstrar que as mulheres negras tem orgulho de ser quem são, do cabelo, do corpo, das próprias referências e da importância que elas têm no país. Com diferentes idades, tons de pele, orientações sexuais, identidades de gênero e profissões, as protagonistas da campanha reforçam o fato de que mulheres negras são plurais e diversas.

O lançamento de “Isso é Coisa de Preta” foi feito por Gaby Amarantos no “Saia Justa” de quarta (27/10). O programa ao vivo, que foi ao ar às 22h30, contou ainda com a participação de Silvio Almeida, que falou, entre outros temas, sobre como o racismo é disfarçado nos tempos atuais, e como se posicionar diante desse cenário. Durante a atração, foi exibida a peça “Manifesto”, um filmete de 30 segundos que combina declarações de mulheres negras e valoriza as trajetórias dessas personagens por meio de falas de orgulho para inspirar gerações futuras. Gaby também é apresentadora do “Diálogos – Isso é Coisa de Preta”, evento conectado com a campanha e que vai amplificar vozes potentes de mulheres negras. A iniciativa será transmitida no YouTube do GNT dia 11 de novembro.

A partir desta quarta (28/10), vão ao ar as demais peças, como a “Buscador”, que utiliza buscadores da internet como forma de divulgar o impacto positivo da comunidade negra na sociedade. Já a peça “Orgulho” leva para os programas e intervalos histórias diversas e inspiradoras que falam sobre o orgulho de ser uma mulher negra, desconstruindo estereótipos de talentos do GNT, como Taís Araújo e Stephanie Ribeiro, e das personagens-reais protagonistas da campanha, como a doceira Marcia Florencio, a dentista Ava Simões, a artista plástica e ceramista Gabriela Marinho, a engenheira química Christina, a afrobailarina Bruna Montenegro e a atleta paralímpica July. No final dos vídeos, mulheres negras são convidadas a enviarem, por meio de um QR Code na tela, seus relatos pessoais para serem apresentados na campanha. Também serão exibidos filmetes com depoimentos de cada uma das personagens sobre elas mesmas e um vídeo com os bastidores da produção de “Isso é Coisa de Preta”.

Share.

Leave A Reply