>
23 de Outubro, 2021
gama

Luiz Gama vira personagem de HQ; conheça “Província Negra”

O advogado Luiz Gama, um dos ícones do movimento abolicionista* brasileiro, virou personagem em quadrinhos. E, a partir desta quarta-feira (12/2), a história de “Província Negra”, na qual ele é protagonista, começa a ganhar o mundo (e as estantes e as imaginações).

O lançamento da HQ de Kaleb Kanbour acontece na Biblioteca Mário de Andrade, em São Paulo, a partir das 19 horas. É o marco do início da comercialização da obra, que venceu em 2018 o edital de fomento cultural da Prefeitura daquele município na categoria de quadrinhos.

A história se passa em São Paulo de metade do século XIX, com Luiz Gama envolvido no assassinato de um escravagista. Ele é inocente e, ao desvendar toda a trama em torno de seu nome, denuncia a ideologia que sustentou a escravidão durante tanto tempo no Brasil e tem reflexos sociais até hoje.

Luiz Gama era filho de Luiza Mahin, uma das líderes da Revolta dos Malês. Vendido pelo próprio pai aos nove anos, foi autodidata e frequentou a Faculdade de Direito do Largo de São Francisco.

Já advogado, lutou pela libertação de centenas de escravizados nos tribunais da província e fez da Advocacia sua principal trincheira. Era ativista político e reconhecido poeta romântico e satírico.

A HQ pode ser comprada aqui ou aqui.

* Movimento que lutou pelo fim da escravidão e da comercialização de escravizados

FICHA TÉCNICA DE “PROVÍNCIA NEGRA”
Autor – Kaled Kambour
Arte – Kris Zullo
Editora – Gabaju Records & Comics
Edição – 1ª | 2019
Páginas – 80
Preço – R$ 25,00
Mais informações: (11) 9.9346.4849.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *