>
16 de Outubro, 2021
Mais de 80 mil mães de favelas recebem

FOTO: Divulgação/Cufa.

Mais de 80 mil mães de favelas recebem auxílio de R$ 120; dinheiro vem de doações da Cufa

Central Única das Favelas se mobiliza em todo o Brasil, arrecada doações e garante o sustento de mães e famílias inteiras

Pelo menos R$ 9,6 milhões já foram repassados pela Central Única das Favelas (Cufa) a mães de famílias moradoras de comunidades em situação de vulnerabilidade do Brasil em meio à pandemia do novo coronavírus. É o projeto “Mães da Favela”, que tem como madrinhas e padrinhos inúmeros artistas de todas as partes do país.

Durante dois meses, essas mães recebem um auxílio de R$ 120. Ou seja: ao todo, R$ 240. O recurso não tem qualquer ligação com o auxílio emergencial do Governo Federal. É uma verba a mais para quem já vivia com muito pouco e por conta do necessário isolamento social agora está com dificuldades de se manter.

O dinheiro é arrecadado em doações diretas feitas às contas e às sedes da Cufa pelo Brasil ou em apresentações on-line de artistas de todos os estilos musicais. A campanha reúne de Emicida a Zeca Pagodinho. De Alcione a Daniela Mercury. De Xandy de Pilares a Karol Conka. De Péricles a Ivete Sangalo.

É tanta gente boa reunida que a mobilização já ganhou até clipe oficial.

Além do benefício de R$ 120 mensais, a articulação da Cufa já distribuiu milhares de cestas básicas, botijões de gás de cozinha e vales-alimentação em quase todas as capitais brasileiras.

É nas favelas onde está boa parte da população negra (pretos e pardos) brasileira. Em Fortaleza, por exemplo, 90% dos mortos por coronavírus moravam em bairros de baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), mesmo critério considerado pela Cufa para fazer as doações.

******

Quer saber mais? Chega lá no site do Mães da Favela.

Para doar, clique aqui.

Vakinha Online.

Arrecadação pelo Picpay.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *