Bruno de Castro

Jornalista por formação. Foi repórter e editor dos jornais O Estado e O POVO, correspondente do portal Terra e colaborador do El País Brasil. Atua hoje como assessor de comunicação. Venceu o Prêmio Gandhi de Comunicação e o Prêmio MPCE de Jornalismo, ambos com reportagens sobre a população negra. No Ceará Criolo, atua como editor de conteúdo. É também escritor e foi finalista do Prêmio Jabuti 2020 com o livro de estreia, escrito em homenagem à mãe.