Coletânea da Advocacia Negra reúne 23 artigos multitemáticos

Livro está disponível na Amazon e usuários Kindle Unlimited leem a obra de graça. São 278 páginas

A Escola Superior de Advocacia (ESA) da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo (OAB-SP) lançou uma publicação importante para quem trabalha com Direito, tem interesse na área ou acompanha o debate racial no país.

A I Coletânea da Advocacia Negra Brasileira já está disponível para leitura. O livro custa R$ 24,90 na Amazon. Usuários Kindle Unlimited leem de graça. A obra tem 278 páginas (ou 893 kb, para quem for adepto do e-book). Para comprar, clique aqui.

São trabalhos de acadêmicos negros formando a maior obra coletiva dentro do Direito na interseção com o traço racial. Os textos abordam questões relativas ao racismo religioso, cotas, autoimagem e afins, e como isso repercute sobre o povo negro a partir da perspectiva do Direito, da Sociologia e demais áreas das Ciências Sociais.

A publicação foi organizada pelo diretor da Educafro, Frei David, e coordenada pelo doutor em Direito Processual, Irapuã Santana – que ao portal Alma Preta Jornalismo classificou o trabalho como uma tentativa de tornar pessoas negras produtoras de conteúdo.

“Há muita bibliografia no Direito produzida por pessoas brancas. A ideia é ter pessoas negras refletidas nos problemas do racismo no Brasil”, comentou Irapuã Santana.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *