Experiência sensorial promove troca sobre o amor do povo negro

Instigada a pensar sobre as relações de intimidade consigo e com o outro, a experiência sensorial “Amor interior” convida o público a se permitir embarcar em uma troca sensível, que passeia por partilhas pessoais. O percurso será guiado pela artista Gabi Gomes entre as noites de 19 e 24 de janeiro, de forma gratuita, mas com agendamento pelo Instagram @amordegabi.

O trabalho surge de pesquisa sobre a importância do amor para a população negra, a partir de provocações após o contato com obras de diferentes períodos, como o texto “Vivendo de amor”, de bell hooks, “AmarElo – É tudo pra ontem”, de Fred Ouro Preto sobre o álbum do Emicida, e “Bom mesmo é estar embaixo d’água”, de Luedji Luna. As obras serviram como alimento para a criação, que permitiu à artista Gabi Gomes se debruçar sobre questões que dizem respeito a árvore genealógica, amor e ancestralidade.

“Amor interior: uma experiência sensorial” tem direção do artista Luis Carlos Shinoda, que por meio de uma direção criativa provocou a construção de dramaturgias e o resgate de histórias pessoais da atriz. A intimidade se torna aqui um dispositivo de criação, e a experiência se dá no contato com cada espectador, de maneira única. 

A pesquisa “Amor interior” já havia, em agosto de 2020, se concretizado em uma exposição fotográfica virtual, compartilhada no Instagram. Durante seis dias, o público teve contato com sete autorretratos da artista Gabi Gomes, acompanhados de trechos de obras de bell hooks que falavam sobre um processo de autocuidado e amor como forma de sobrevivência para pessoas negras.

Agora, a pesquisa, com apoio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, por meio da Lei Aldir Blanc, promove uma experiência sensorial compartilhada também durante seis dias. O público é convidado a viver essa experiência de afeto e trocas, afinal, como nos diz bell hooks: “O amor cura. Nossa recuperação está no ato e na arte de amar.”

SERVIÇO
Amor interior: uma experiência sensorial
Quando: Dias 19 a 24 de janeiro, às 18h, 19h, 20h e 21h
Onde: Plataformas virtuais
Para assistir: Agendar pelo formulário http://bit.ly/experimentoamorinterior e aguardar contato.
Gratuito

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *