20 de Setembro, 2020
Tebas foi um negro escravizado que após ter se libertado da escravidão aos 58 anos, tornou-se arquiteto e artesão. Foto: Divulgação.

Tebas foi um negro escravizado que após ter se libertado da escravidão aos 58 anos, tornou-se arquiteto e artesão. Foto: Divulgação.

Google homenageia Tebas, negro escravizado que se tornou artesão e arquiteto

Doodle (versões modificadas da logomarca do Google) narrou em imagens a história de um importante nome preto da história brasileira. Tebas também foi um conhecido mestre da cantaria

O Google, por meio do Doodle, homenageia nesta terça-feira (30/6) Joaquim Pinto de Oliveira (1721-1811). Popularmente conhecido como Tebas, ele nasceu em Santos, cidade de São Paulo, e foi um negro escravizado que se tornou artesão e arquiteto, após ter se libertado da escravidão aos 58 anos de idade. Conhecido ainda como mestre da cantaria, Tebas também é o mesmo nome de uma cidade do Egito Antigo (3.100 a.C.- 30 a.C.). 

A razão por ser conhecido como mestre da cantaria é por dominar esse tipo de arte, que consiste em talhar blocos de rocha duras em formas geométricas para construções de edifícios ou muros. O profissional é chamado de canteiro.

Em um de seus feitos, Tebas foi responsável por restaurar uma das catedrais brasileiras, a da Sé, localizada na Grande São Paulo, no Brasil Colonial (1500-1815). Mas somente após 200 anos ele foi reconhecido na qualidade de arquiteto. Outras fachadas de igrejas importantes da região paulista, como a antiga igreja do Mosteiro de São Bento, também passaram pelas mãos dele. 

O Doodle (versões modificadas da logomarca do Google) é usado para celebrar datas comemorativas, prestar homenagens e celebrar eventos relevantes. Tebas tem sua história de vida relembrada nessa ferramenta. Há também um livro que conta sua trajetória: “Tebas: Um Negro Arquiteto na São Paulo Escravocrata (Abordagens)”, do jornalista paulista Abilio Ferreira. A obra foi lançada no ano passado.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support