Hamilton se iguala a recorde de Schumacher

O piloto inglês Lewis Hamilton é, ao lado de Michael Schumacher, o maior campeão da história da Fórmula 1 mundial. Neste domingo (15/11), ele venceu o Grande Prêmio da Turquia e tornou-se heptacampeão do torneio. Até então, apenas o alemão detinha esse título.

Hamilton venceu em 2008, 2014, 2015, 2017, 2018, 2019 e 2020. Tão logo a confirmação da vitória aconteceu, ele disse, ainda dentro do carro, no sistema pelo qual se comunica com a equipe: “isso é pra todas as crianças acreditarem nos seus sonhos.”

Depois, em postagem no Instagram, o inglês refletiu: “igualar ao recorde do Schumacher coloca holofotes em mim que eu sei que não durarão pra sempre. Então, enquanto você está aqui prestando atenção, eu quero pedir a cada um que faça sua parte em ajudar a criar um mundo mais igual. Vamos ser mais abertos e delicados uns com os outros. Vamos fazer com que oportunidade não seja algo que dependa da cor da pele.”

Durante toda essa temporada, Lewis Hamilton posicionou-se abertamente contra práticas racistas, protestou por conta da morte de George Floyd e Breonna Taylor e levantou a bandeira antirracista mirando principalmente nas novas gerações. Chegou, inclusive, a ser censurado pela organização da competição quanto ao uso de determinadas peças e à realização de algumas manifestações.

Venceu mesmo assim.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *