Jornalistas criam Guia de Fontes só com profissionais negros e negras

Especialistas de áreas como café, análise de risco financeiro, braille, redes sociais, segurança pública, direito constitucional, dentre outros temas, já se cadastraram.

Pensando em formas de agir por um jornalismo antirracista, no qual pessoas negras não sejam entrevistadas apenas quando a pauta é racismo, as jornalistas Luísa Roig Martins e Marília Marasciulo decidiram criar um guia de especialistas negros e negras em diversas áreas de atuação.

Enquanto os especialistas se cadastram por meio de um formulário, os jornalistas interessados em acessar o guia de fontes precisam entrar em contato com as fundadoras para terem acesso à planilha com os contatos cadastrados.

“Por segurança, as informações não são públicas e o acesso à planilha não é automático, mas mediado pela gente. Logicamente, ‘jornalistas’ de sites de fake news não serão aceitos”, explica Luísa Roig. “Contamos com a colaboração de todos para ampliar ao máximo esse guia de fontes e, consequentemente, a diversidade de vozes que o jornalismo é capaz de amplificar”, destaca.

O guia de fontes por um jornalismo antirracista já conta com especialistas de áreas como café, análise de risco financeiro, braille, redes sociais, segurança pública, direito constitucional, entre outros temas.

Para receber acesso ao material coletado ou tirar dúvidas, é preciso enviar e-mail ou mensagem para as fundadoras: mariliamarasciulo@gmail.com ou mensagem para @mariliamarasciulo no Instagram; luisaroigmartins@gmail.com ou mensagem para @luisamartins no Twitter ou Instagram.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support