Luiz Alano é primeiro negro a narrar a Libertadores em TV aberta no Brasil

Profissional tem 43 anos e já estreou. Está no SBT, após longa temporada em canal de esporte de TV por assinatura

Luiz Alano, 43 anos, foi contratado, em setembro, pelo SBT para narrar jogos da Libertadores da América em 2020. No dia 16 de setembro de 2020, no jogo entre Grêmio e Universidad Católica, Luiz se tornou o primeiro negro a narrar jogos da libertadores em TV aberta no Brasil.

Com quase 30 anos de narração esportiva, o catarinense conta com larga experiência no rádio e diversas transmissões no currículo em veículos de comunicação, incluindo canais fechados de TV. “As pessoas estão prontas, falta oportunidade. “Muitas vezes, em viagens e cabines, me perguntavam quem seria o narrador da noite, não acreditavam que era eu”, diz.

Segundo o narrador, quando vai entrar no ar, fãs negros enviam mensagens de boa sorte, desejando um bom trabalho, e ficam nervosos também.

“Alguns dizem que quando é meu jogo, suam frio e torcem para que dê tudo certo. Sinto uma energia tão grande, positiva, um amor vindo de todos os guetos do Brasil, a torcida por mim. É isso que me faz ter compromisso. Me deram uma chance, é um único tiro, uma bala só. Ele precisa ser certeiro. Eu não posso errar”, diz.

Com informações do Observatório da Discriminação Racial no Futebol

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support