Plataforma de difusão de artistas negros, Projeto Afro será tema de live do Porto Iracema das Artes

Construído com o objetivo de ampliar e visibilizar a produção artística de autoria negra no Brasil, o “Projeto Afro” apresenta a arte como um importante campo de disputa na luta antirracista. A plataforma on-line será tema do próximo “Entre Telas – Fotopoéticas”, que trará o jornalista e pesquisador de arte afro-brasileira Deri Andrade, idealizador do projeto

Construído com o objetivo de ampliar e visibilizar a produção artística de autoria negra no Brasil, o “Projeto Afro” apresenta a arte como um importante campo de disputa na luta antirracista. A plataforma on-line será tema do próximo “Entre Telas – Fotopoéticas”, que trará o jornalista e pesquisador de arte afro-brasileira Deri Andrade, idealizador do projeto, para falar sobre a iniciativa e as questões que a norteiam. A live será realizada nesta quinta-feira (9), a partir das 16 horas, no Instagram do Porto Iracema das Artes.

Fruto de uma pesquisa de mais de três anos, que segue em curso, o site convida cada visitante a navegar por diferentes aspectos dessa produção, com mapa interativo, perfis de artistas, artigos colaborativos e entrevistas, escritos acadêmicos e sugestões de eventos. Na live, Deri também refletirá sobre o protagonismo negro para além dos limites territoriais, discutindo os processos históricos hegemônicos que validaram o sistema artístico brasileiro.

Esta será a sétima edição do “Entre Telas – Fotopoéticas”, que vem trazendo artistas e pesquisadores que estão pensando a fotografia a partir desse momento de isolamento necessário que estamos vivendo. Os bate-papos são mediados pela coordenadora do Programa de Fotopoéticas, Iana Soares.

O PROJETO

É uma plataforma afro-brasileira de mapeamento e difusão de artistas negrxs. O projeto deseja ampliar e visibilizar a produção artística de autoria negra no Brasil, apresentando sua multiplicidade, seus inter-relacionamentos e sua abrangência. Um espaço de descoberta e ressignificação. A iniciativa se entende como um manifesto em defesa da igualdade racial, quando observados os dados sociais que ainda mostram o negro à margem do processo social. O Projeto Afro expressa o protagonismo negro para além dos limites territoriais, refletindo sobre os processos históricos hegemônicos que validaram o sistema de arte no país. Propomos um novo olhar para as narrativas a partir da colaboração e da troca.

DERI

Alagoano radicado em São Paulo, Deri Andrade é jornalista com especialização em Cultura, Educação e Relações Étnico-raciais, estudo no qual aprofundou pesquisas sobre arte afro-brasileira, investigando a correlação entre conteúdo e forma presente nas poéticas de artistas negros/as/es. É aluno especial de mestrado no Programa de Pós-Graduação Interunidades em Estética e História da Arte, na disciplina História da Arte Contemporânea. Tem passagens por instituições culturais, entre elas o Museu de Arte Moderna de São Paulo (atualmente), a Unibes Cultural e o Instituto Brincante.

Acesse o site: http://projetoafro.com/

jornalista e pesquisador de arte afro-brasileira, Deri Andrade.

SERVIÇO
LIVE SOBRE O PROJETO AFRO
Quando: Quinta-feira (9), a partir das 16 horas
Onde: Instagram @portoiracemadasartes

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support