>
16 de Outubro, 2021
violinista baiana scaled

Violinista baiana faz campanha para estudar nos EUA

A violinista baiana Karen Silva abriu uma campanha de arrecadação de fundos para ter como estudar na Universidade do Novo México, nos Estados Unidos, onde foi aprovada para cursar mestrado. Quem quiser ajudar pode doar até 25 de julho.

Para doar, clique aqui.

Nascida na periferia de Salvador, ela iniciou os estudos de música aos cinco anos e do violino aos sete anos, no Instituto de Educação Musical. A artista destacou-se no instrumento e tornou-se membro-fundadora do programa NEOJIBA – Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia, onde ingressou em 2007 como violinista na Orquestra Juvenil da Bahia e permaneceu até 2017.

Pelo NEOJIBA, participou de master classes com grandes nomes da música mundial e realizou turnês nacionais e internacionais. Passou oito meses na Noruega, na Universidade de Stavanger, como bolsista internacional e no retorno deste intercâmbio e reintegrou o NEOJIBA para multiplicar todo o aprendizado junto aos alunos do programa. Não demorou para que concluísse o Bacharelado em Música com Habilitação em Instrumento de Orquestra pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), em 2018.

Karen decidiu concorrer a uma vaga no mestrado em Performance Musical da Universidade do Novo México em 2020 e chegou a ser aprovada com bolsa. Mas a pandemia adiou o sonho e agora, após todos os trâmites burocráticos terem sido concluídos, ela poderá, enfim, viajar.

O valor arrecadado auxiliará a artista nos gastos de manutenção pessoal durante o curso e no pagamento de taxas da Universidade. “Mais uma vez, me vejo diante de uma oportunidade de aprender com grandes professores. Mas meu maior desejo é devolver para a minha comunidade, minha cidade e meu país não só todo este conhecimento, mas a possibilidade de uma transformação da realidade por meio da música. Sou uma mulher preta, baiana, periférica, fui aluna de projeto social e quero que, assim como eu, mais jovens da periferia tenham a chance de um futuro brilhante. Além de abrir estas portas, pretendo mostrar no exterior a nossa musicalidade única, a nossa maneira de sentir e interpretar. Não serei a primeira brasileira a cursar este mestrado, mas certamente serei a primeira violinista baiana.”

Quem preferir, pode também fazer doação diretamente para o pix de Karen: karensilvaviolino@gmail.com.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *