AFROSSABERES

5 ESCRITORAS NEGRAS BRASILEIRAS QUE VOCÊ PRECISA CONHECER

Conheça a lista recheada de autoras incríveis que vão modificar sua visão de mundo e dar uma boa dose de bagagem racial. Boa leitura!

DJAMILA RIBEIRO

01

Natural de Santos (SP), a escritora brasileira é também filósofa e mestre em Filosofia. No seu currículo, tem passagem pela Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania em São Paulo, e prêmios como Prêmio Cidadão SP em Direitos Humanos, em 2016.

O que é Lugar de fala foi a obra que projetou Djamila nacionalmente. Entre suas obras, estão Pequeno Manual Antirracista e Quem tem medo do feminismo negro?

CARLA AKOTIRENE

02

A bahiana Carla Akotirene é militante, pesquisadora e autora no tema dos feminismos negros no Brasil. Atua como professora assistente na Universidade Federal da Bahia (UFBA), e frequentemente citada pela sua investigação sobre interseccionalidade. 

Akotirene discute o conceito de interseccionalidade como forma de abarcar as interseções a que está submetida uma pessoa, em especial a mulher negra. 

LÉLIA GONZALEZ

03

A mineira Lélia Gonzalez foi uma intelectual, autora, política, professora, filósofa e antropóloga brasileira. Foi pioneira nos estudos sobre Cultura Negra no Brasil e co-fundadora do Instituto de Pesquisas das Culturas Negras do Rio de Janeiro, do Movimento Negro Unificado.

Por um feminismo afro-latino-americano reúne um panorama amplo da obra de Lélia, tão múltipla quanto engajada. São textos produzidos durante um período efervescente que compreende quase duas décadas de história.

CONCEIÇÃO EVARISTO

04

A também mineira Conceição Evaristo é um grande expoente da literatura contemporânea, romancista, poeta e contista, homenageada como Personalidade Literária do Ano pelo Prêmio Jabuti 2019 e vencedora do Prêmio Jabuti 2015. 

Os temas ficcionais e poéticos da autora são diversos, mas a poética de Evaristo é conduzida principalmente pelo eu-lírico e personagens de mulheres negras. A autora cunhou o termo “escrevivências” .

RYANE LEÃO

05

Cuiabana radicada em São Paulo, Ryane Leão é poeta preta, lésbica e best-seller, segundo sua autodescrição. Ganhou o país com sua obra Tudo nela brilha e queima: poemas de amor e luta.

Tudo Nela Brilha e Queima é uma seleção de poemas autorais que falam sobre empoderamento feminino e negro. Não é atoa que o subtítulo do livro é “poemas de luta e amor”. A autora escancara verdades e não tem medo falar de temas polêmicos fazendo fortes críticas a nossa sociedade. 

Obrigada(o) por chegar até aqui!