A Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais (Abong) lançou uma cartilha digital cujo conteúdo visa combater o racismo institucional.

Com 37 páginas, o material é dividido em cinco seções e discute temas como “O racismo no mundo do trabalho”, “Como afirmar a igualdade sem negar a diferença”, “Ações afirmativas e igualdade perante à lei”, “Negritude e branquitude nas relações raciais”, “Legislação e políticas públicas antirracistas”, “Percursos se ações e publicações” etc.

A cartilha foi desenvolvida em parceria com a Ação Educativa, associação civil que atua nos campos da educação, da cultura e da juventude, na perspectiva dos direitos humanos. É, portanto, um convite para que sejamos todos, todas e todes antirracistas. E o melhor: pode ser baixada de graça.

Clique aqui e garanta a sua.

WhatsApp Image 2021 11 13 at 11.31.06

PROGRAMAÇÃO
Para este mês de novembro, a Abong preparou uma série de ações que refletem sobre caminhos para enfrentar o racismo institucional nas organizações e fazer com que cada instituição se questione sobre como o racismo se reflete dentro da sua organização. “Identificar, caracterizar e destruir as várias formas de racismo institucional que, de maneira insidiosa, contaminam instituições, é um desafio”, diz Athayde Motta, diretor executivo da Abong.

Ainda de acordo com o diretor, as OSCs, se alinham no combate às desigualdades estruturais da sociedade brasileira, com especial atenção às exclusões de gênero e de raça, porém ainda sim não estão imunes aos elementos estruturantes que produzem e reproduzem o machismo, o sexismo e o racismo em todas as instituições. “Reconhecer isso é um primeiro passo importantíssimo no comprometimento com enfrentamento ao racismo institucional“, enfatiza Athayde.

As ações começam nesta segunda-feira (15/11) e vão até o dia 30/11. Entre as atividades estão: vídeos sobre empregabilidade de pessoas negras nas OSCs, debate jurídico sobre política de cotas e combate ao racismo institucional e realizações sobre o enfrentamento ao racismo das organizações associadas à Abong e práticas alternativas de organizações negras parceiras.

As conversas serão transmitidas nas redes sociais da instituição Facebook, Instagram Youtube.

Para mais informações: Site Abong.

Agenda
15/11 – Lançamento do vídeo – “Afirmar a igualdade sem negar as diferenças”
17/11 – Lançamento do vídeo – “Branquitude e a luta antirracista”
22/11 – Lançamento do vídeo – “Promoção da equidade racial”
23/11, às 10h – Terça Jurídica – sobre a Lei de cotas
24/11 – Lançamento do vídeo – Promoção da Equidade Racial
25/11 – Lançamento do vídeo – Recomendações para as organizações da sociedade civil

Share.

Leave A Reply