O Ceará Criolo participou nesta quinta-feira (5/8) de um debate promovido pela Associação de Jornalismo Digital (AJor) sobre “como fazer jornalismo antirracista”. Representou o portal o jornalista Bruno de Castro, que atua como repórter e editor de conteúdo.

Também participaram do bate-papo a editora da agência Alma Preta, jornalista Nataly Simões, e a cofundadora do coletivo Nós, mulheres da periferia, jornalista e documentarista Semayat Oliveira.

O debate integrou o recém-estreado projeto “Conversa Aberta”, da AJor, foi transmitido simultaneamente pelo Facebook e pelo Youtube, ambos em páginas da associação, e está disponível para visualização. Nele, o trio discutiu características e desafios de fazer uma comunicação diferente do jornalismo da grande mídia.

Em mais de uma hora de bate-papo, o/as jornalistas revelaram bastidores da produção noticiosa de cada um dos portais e comentaram aspectos do atual cenário do jornalismo hegemônico e contrahegemônico do Brasil.

Confira.

Assista também à participação do Ceará Criolo noutros debates sobre jornalismo antirracista. Clique aqui.

Share.

Leave A Reply