>
23 de Outubro, 2021
Martin Luther King

“Eu tenho um sonho” – 90 anos do nascimento de Martin Luther King


Eu tenho um sonho que meus quatro pequenos filhos um dia viverão em uma nação onde não serão julgados pela cor da pele, mas pelo conteúdo do seu caráter. Eu tenho um sonho hoje” (Martin Luther King Jr.)

Nascido em 15 de janeiro de 1929, em Atlanta, na Geórgia, Martin Luther King Jr é considerado o principal militante da não violência contra a discriminação racial na legislação norte-americana. Seu discurso “Eu tenho um sonho” foi considerado um dos maiores na história e foi eleito o melhor discurso estadunidense do século XX.

Pastor protestante e ativista político, King organizou e liderou diversas marchas. Os objetivos eram o direito ao voto, o fim da segregação, o fim da discriminação no trabalho e outros direitos civis. Era um adepto da ideia de desobediência civil e não-violência, a qual Mahatma Gandhi se utilizou na Índia.

King foi um dos organizadores da Marcha dos Direitos Civis em Washington, passeata que reuniu de 200 mil a 300 mil pessoas e buscava pressionar o Congresso e a administração do presidente John F. Kennedy a agir em defesa dos direitos civis. Durante a marcha, no dia 28 de agosto de 1963, no Memorial de Lincoln, Martin proferiu o famoso discurso “Eu tenho um sonho”.

Martin Luther King discurso

Em 14 de outubro de 1964, o ativista se tornou a pessoa mais jovem a receber o Nobel da Paz, por sua campanha não violenta contra o racismo. “King aderiu à filosofia da não-violência de Gandhi. Em 1955, ele começou sua luta para persuadir o governo dos EUA a declarar ilegal a política de discriminação racial nos estados do sul. Os racistas responderam com violência às iniciativas não violentas dos negros. Em 1963, 250 mil manifestantes marcharam para o Memorial de Lincoln, em Washington, onde King deu seu famoso discurso ‘Eu tenho um sonho’. No ano seguinte, o presidente Johnson aprovou uma lei proibindo toda discriminação racial”, destaca o site do Prêmio Nobel.

Em 4 de abril de 1968, foi assassinado momentos antes de outra marcha. Enquanto Martin Luther King Jr entrou para a eternidade, sua luta, ideais, discurso e história impactaram a vida de milhões de negros. Um legado de luta que devemos lembrar e celebrar todos os dias, ainda mais nesses tempos sombrios. King tinha um sonho, lutou, venceu. Que possamos sonhar, lutar e vencer juntos!

Saiba mais

— Nos Estados Unidos, o Dia de Martin luther King Jr é comemorado na terceira segunda-feira de Janeiro;

— Martin Luther King ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1964 pelo combate à desigualdade racial por meio da não violência;

— Em suas campanhas, percorreu 9,3 milhões de quilômetros durante 13 anos;

— Nesse período, falou 2,5 mil vezes ao público;

— Foi preso em mais de 20 ocasiões.

Confira o famoso discurso “Eu tenho um sonho”

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *