>
5 de Agosto, 2021
Inscrições abertas para o Edital Equidade Racial na Educação Básica

Edital premia em até R$ 150 mil projetos de equidade racial

O edital Equidade Racial na Educação Básica está com inscrições abertas. Interessados devem submeter artigos e pesquisas científicas até o dia 13 de junho. Será aceita somente uma proposta por candidato em cada categoria. Ou seja: um artigo e uma pesquisa. O resultado será divulgado no dia 15 de setembro.

Quinze projetos de pesquisa serão selecionados. Cada um receberá apoio de R$ 150 mil para ser desenvolvido no intervalo de um ano e meio. As iniciativas estarão distribuídas nas seguintes modalidades: Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II e Ensino Médio.

Já aos autores dos seis artigos científicos escolhidos serão pagas quantias que vão variar de R$ 3 mil a R$ 8 mil, a depender da modalidade na qual ele esteja inserido. Outros três escritos receberão menção honrosa.

A iniciativa é do edital é do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades, Itaú Social, Fundação Tide Setubal e Instituto Unibanco.

Com isso, o grupo visa “identificar e apoiar pesquisas, bem como selecionar e reconhecer artigos que apontem soluções para os desafios da construção da equidade racial na Educação Básica.”

Conforme o edital, podem participar pesquisadores e escolas ou redes públicas nas seguintes temáticas: políticas públicas afirmativas e processos de gestão da equidade racial nas secretarias e escolas; perspectivas epistemológicas e processos de aprendizagem de ensino; e processos curriculares e abordagens pedagógica inovadores.

Assim, o edital pretende identificar novos autores e fortalecer centros e grupos de pesquisa. Em pesquisa aplicada, podem participar pesquisadores doutores ou mestres que já possuam ou estabeleçam e comprovem parceria com escola pública ou rede de ensino municipal ou estadual. Em artigo científico, podem participar graduados, mestres e doutores cujo material seja inédito e apresente contribuições para a superação das dificuldades da construção da equidade racial e de gênero na Educação Básica.

Os projetos de pesquisa devem ter extensão mínima de 22 mil caracteres e tamanho máximo de 30 mil caracteres, já incluídos resumo e referências. Quanto aos artigos, a exigência é: mínimo de 35 mil caracteres e máximo de 42 mil toques, também já contando resumo e referências.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *