>
19 de Outubro, 2021
Mamour Sop Ndiaye (pai), irmã, Fatou Ndiaye, mãe.jpg

Mamour Sop Ndiaye (pai), irmã, Fatou Ndiaye, mãe.jpg

Minissérie “Por Uma Educação Antirracista” estreia no YouTube do canal GNT

“Por Uma Educação Antirracista” convida jovens, adultos, idosos, indígenas, negros, orientais e brancos a se engajarem no tema para ajudar a modificar as práticas educacionais que conhecemos até hoje. Idealizada pelo Instituto Alana em parceria com o GNT, com produção da Maria Farinha Filmes e direção e roteiro de Shirlene Paixão, a minissérie audiovisual chega no YouTube do canal GNT nesta segunda (11/10), às 18h.

Diariamente, até o dia 15 de outubro, a minissérie trará ações desenvolvidas e inspiradas pelo trabalho de professores e facilitadores que subverteram o sistema e criaram novas metodologias, sob uma perspectiva antirracista, multicultural e em harmonia com a natureza. Com uma visão criativa, a minissérie apresenta, em cada um dos cinco episódios de oito minutos, uma família com personalidades que conversam sobre o tema, com apoio de especialistas como Ailton Krenak, Nilma Lino Gomes, Petronilha Beatriz Gonçalves da Silva, entre outros.

Luana Génot, Louis Génot e Alice. Imagem: Maria Farinha Filmes/Divulgação

A partir da leitura de livretos, desenvolvidos exclusivamente para a série e escrito por Rafael Souza-Ribeiro, as famílias de Samara Felippo, Aline Wirley, Luana Génot, Fatou N’Diaye e Márcia Kambeba, transformam essa realidade na prática, de uma forma divertida e inspiradora, com o apoio dos principais especialistas no assunto e que aprofundam a experiência do espectador, jogando luz nas práticas existentes em salas de aula de diversos cantos do Brasil. Ao final de cada episódio, os especialistas trazem dicas e práticas para a implementação de ações antirracistas nas escolas e em casa.

“’Por Uma Educação Antirracista’ é uma oportunidade de remexer as estruturas. De maneira leve e afetiva, tomamos fôlego para um mergulho vertical. Dirigir, roteirizar e desenvolver essa série com o time da Maria Farinha Filmes foi um prazer imenso. Cinema e responsabilidade social são uma combinação que é pura potência. Preparem-se para se emocionar e se inspirar”, diz a diretora, Shirlene Paixão.

Para somar na estratégia de impacto, a distribuidora Flow Impact lança uma campanha para mobilizar famílias e escolas unindo artistas, ativistas e instituições de renome nas áreas da Educação, Direitos Humanos e combate ao Racismo.

Serviço:

“Por Uma Escola Antirracista” estreia dia 11/10, às 18h, no YouTube do GNT
Episódios diários: da segunda (11/10) à sexta-feira (15/10), às 18h, no YouTube do GNT

Ficha Técnica:
Direção: Shirlene Paixão
Produção: Ana Lúcia Villela, Estela Renner, Luana Lobo e Marcos Nisti
Roteiro: Shirlene Paixão
Pesquisa de Personagem: Fabiana Costa
Produção executiva: Geisa França e Mariana Oliva
Montagem: Patrícia Castilho e Helô Kato
Coord Pós Produção: Cinthia Imamura
Trilha Sonora: Universal Music
Mixagem de áudio: David Mazzuca Neto
Motion Design: Hilda Motion

Shirlene Paixão

Diretora, atriz e roteirista. Formada pela escola de Teatro Martins Penna e Bacharel em Dança pela UFRJ, desenvolve e dirige obras contemporâneas que interagem com diferentes linguagens artísticas.

Em 2020 esteve a frente da criação e direção de programas, campanhas, curtas e eventos virtuais: programa “Sexta Black” no canal GNT; Fórum “Sim à Igualdade Racial” ID_BR 2020; campanha institucional “Manual Antirracista” para o grupo GPA; programa “Panteão das Pretas” para Praya TV; curtas metragens “A Arte Morreu em Mim?” “Porta Aberta” e “Mar-Ilha”.

Outros projetos de sua autoria “OlhosD’águaouNasPedrasNasceramAsas”(2019), “Nossas Bocas Não Foram Feitas Só Para Sorrir” (2018), “Carta Branca” (2017), e “Diário de Um Corpo” (2012), contemplado com o prêmio “Novos Talentos – Festival X Tudo Cultural”, organizada pela FUNARTE em parceria com o SESI e curadoria de Henrique Rodovalho.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *