Na próxima terça-feira, dia 23 de novembro, às 18h, a Escola Porto Iracema das Artes — instituição da Secretaria da Cultura do Ceará (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM) — realiza a aula aberta “O protagonismo negro na fotografia”, com a fotógrafa e pesquisadora Tamara Lopes. A atividade virtual integra a programação do Mês da Consciência Negra e será transmitida pelo canal da Escola no Youtube.

Ministrada por Tamara Lopes, professora do Percurso de Fotografia Digital no ciclo 2021, a aula tem como proposta principal apresentar e analisar produções imagéticas de artistas negras, negres e negros que trouxeram a diáspora africana como temática focal para seus percursos artísticos. Todas as fotografias selecionadas visam expor a multiplicidade que é a cultura e a identidade negra.

“O Mês da Consciência Negra não existe para que as pessoas negras fiquem falando sobre suas experiências de racismo ou sobre as violências que sofreram. O Mês da Consciência Negra é para mostrar o quão importante é a cor da nossa pele, a textura do nosso cabelo, a nossa identidade para a formação do povo brasileiro, para a formação da nossa sociedade”, afirma Tamara.

No encontro, serão abordados aspectos como ancestralidade e representatividade a partir de obras de artistas do Brasil e de países africanos. Tamara Lopes explica que, diante do apagamento histórico criado pela branquitude, garantir e resgatar elementos da cultura preta é indispensável para que haja protagonismo negro em sociedade. Assim, a aula acontece com intuito de gerar sentimento de representatividade. As narrativas construídas e debatidas no momento vão de encontro ao apagamento histórico e a marginalização que não cabem e não pertencem ao povo negro.

Sobre a artista

Tamara Lopes é uma artista negra, bissexual, moradora de periferia. Mestranda em Comunicação pela Universidade Federal do Ceará (UFC), formada em Comunicação Social – Jornalismo (UFC) e especialista em Cinema e Audiovisual (Estácio). Tamara utiliza a arte como uma forma de revelar ao mundo sua realidade. A artista começou na fotografia em 2012, foi contemplada com editais e participou de mostras de fotografias. É professora de fotografia do Percurso de Fotografia Digital e também atua no teatro e na dança.

Sobre a Escola
A Porto Iracema das Artes é a escola de formação e criação em artes do Governo do Estado do Ceará, instituição da Secretaria da Cultura (Secult) gerida pelo Instituto Dragão do Mar (IDM). Criada em 29 de agosto de 2013, há oito anos desenvolve processos formativos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Cinema e Teatro, com a oferta de Cursos Básicos e Técnicos, além de Laboratórios de Criação. Todas as ações oferecidas são gratuitas.

SERVIÇO
O quê: Aula aberta – O protagonismo negro na fotografia, com Tamara Lopes
Quando: Terça-feira, 23 de novembro, às 18h.
Onde: No canal do Porto Iracema das Artes no Youtube
Gratuito

Share.

Leave A Reply