15 de Abril, 2021
curso SPS

Curso sobre relações étnico-raciais recebe inscrições

Neste novembro negro, mês que celebra o Dia da Consciência Negra e reafirma que o enfrentamento ao racismo deve ser todos os dias do ano, a Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos do Ceará (SPS) promove o Curso Relações Étnico-Raciais na Sociedade Brasileira e Cearense.

A ação é promovida pela Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Igualdade Racial (Ceppir) e pretende falar sobre um tema ainda tão silenciado na sociedade. A capacitação inicia nesta quarta-feira, 4 de novembro, e segue até 19/11. A transmissão acontecerá sempre às terças e quintas-feiras, das 14 horas às 17 horas, pelo canal SPS Ceará no youtube. Para se inscrever, basta acessar o link: https://bit.ly/3jGLfyM..

A aula de abertura do curso contará com a presença da titular da SPS, Socorro França, e será conduzida pela coordenadora especial de Políticas Públicas para Igualdade Racial da SPS, Zelma Madeira, e pelo professor doutor em Direito pela PUC/RJ, Ilzver Matos.

“Nossa proposta é pensar sobre o racismo como algo que gera pobreza para uns e riqueza para outros. Precisamos falar criticamente sobre isso. Racismo não é mimimi nem se sustenta numa explicação moral, mas sim histórica. A partir dessa discussão, nós vamos falar de respeito, reconhecimento e justiça racial, além de enfatizar a importância do Estatuto da Igualdade Racial, que chega aos dez anos e é um grande avanço para as políticas de promoção da igualdade racial”, afirma Zelma Madeira.

Já Ilzver Matos destaca: “reunir Governo e sociedade civil nesta oportunidade é um claro recado de que a gestão necessita da experiência prática e teórica daqueles que vivenciam na pele e na luta cotidiana os ranços do racismo na nossa sociedade.”

Diversas lideranças e representações de povos de terreiro, indígenas e comunidades tradicionais conduzirão os debates, dentre os quais Ceiça Pitaguary, João do Cumbe; Marciane Tapeba, Ogan Leno Farias, Ezequiel Tremembé; Cristina Quilombola Aurila Quilombola, Dourado Tapeba, Eliane Tabajara, Lucas Guerra, José Eudo, Mãe Hélia, Tatiana Ramalho, Phillipe Cupertino, Cícera Barbosa, Hilário Ferreira, Vera Rodrigues, Ana Andrade, Tainara Eugênio e André Luis.

Dentre os temas que serão discutidos na capacitação: Relações etnico raciais no Brasil e no Ceará; Diálogos sobre territórios e lutas: povos indígenas e povos ciganos no Ceará; População negra e Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs) do Ceará; Mulheres negras, indígenas, quilombolas e de terreiro: conquistas e desafios no Brasil e Ceará; Juventudes do Ceará e Uma Década de Estatuto da igualdade Racial: por mais reconhecimento étnico e justiça racial.

PROGRAMAÇÃO

4/11 (Quarta-feira)
Abertura : Socorro França – Secretária titular da SPS

Módulo 1 – As relações étnico raciais e os desafios da implementação da Política de Igualdade Racial no Brasil e Ceará
Palestrantes: Zelma Madeira (coordenadora Ceppir) e prof Ilzver Matos (professor e doutor em direito pela PUC/Rio)
Mediação: Wanessa Brandão (Ceppir)

5/11 (Quinta-feira)
Módulo 2 – Diálogos sobre territórios e lutas: povos indígenas e povos ciganos no Ceará
Palestrantes: Dourado Tapeba; Eliane Tabajara, Lucas Guerra, José Eudo e Phillipe Cupertino Salloum e Silva
Mediação: Ceiça Pitaguary

10/11 (Terça-feira)
Módulo 3 – População negra e Povos e Comunidades Tradicionais (PCTs) do Ceará
Palestrantes: Hilário Ferreira, Cícera Barbosa, Ogan Leno Farias, Mãe Hélia da Cabloca Mariana, Tatiana Ramalho e João do Cumbe
Mediação: Fernando Sanha

12/11 (Quinta-feira)
Módulo 4 – Mulheres negras, indígenas, quilombolas e de terreiro: conquistas e desafios no Brasil e Ceará
Vera Rodrigues, Marciane Tapeba, Cristina Quilombola, Aurila Quilombola e Ana Andrade
Mediação: Wanessa Brandão e Lourdes Vieira

17/11 (Terça feira)
Módulo 5 – Conversando com as juventudes do Ceará
Ezequiel Tremembé, Tainara Eugenio, André Luís, e Wellington Nascimento
Mediação: Ceiça Pitaguary

19/11 (Quinta feira)
Módulo 6 – Uma Década de Estatuto da igualdade Racial: por mais reconhecimento étnico e justiça racial
Palestrante: Zelma Madeira
Mediação: Lourdes Vieira

Com informações da SPS

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *