Autor: Ceará Criolo

O Ceará Criolo é um coletivo de comunicação de promoção da igualdade racial. Um espaço que garante à população negra afirmação positiva, visibilidade, debate inclusivo e identitário.

O Ceará Criolo participou nessa terça-feira (9/4) de uma das mesas da Semana de Jornalismo (SeJor) da Universidade Federal do Ceará (UFC). O debate sobre “Editoria de Cidades e Jornalismo Humanizado” aconteceu no auditório Rachel de Queiroz do Centro de Humanidades (CH) II, no Benfica. Representado pelo jornalista Bruno de Castro, o CC foi o único veículo em defesa de minorias a participar da discussão. Também compuseram a mesa a editora-adjunta do portal O POVO, jornalista Mariana Lazari, e a repórter de Cidades do Sistema Verdes Mares, jornalista Thatiany Nascimento. “Sou o único negro dessa mesa, mas os negros são…

Read More

É acreditando na potência transformadora das mulheres negras brasileiras na sociedade que Maria de Lourdes Vale Nascimento, assistente social, ativista e jornalista negra pauta seu discurso para instigar a participação das mulheres negras de seu tempo na política. E a força da sua fala continua inspiradora. Mesmo tendo sido uma figura feminina de destaque no Movimento Negro nos anos 1940 e 1950 e pioneira ao reivindicar, nos seus textos, a regulamentação dos direitos trabalhistas das empregadas domésticas, Maria Nascimento não têm o reconhecimento merecido fora dos estudos voltados especificamente para a imprensa negra pós-abolição da escravatura ou para pensadores negros…

Read More

Quantos super heróis negros fazem parte da sua infância? Dos que não fazem, quantos você conhece? E quantos desses super heróis negros foram criados com referências claras à cultura negra? Sua resposta certamente vai ser “poucos” ou “nenhum”. Porque de fato a quantidade de mocinhos/protagonistas pretos nas produções visuais como um todo ainda é diminuta. Um artista brasileiro, no entanto, deu uma enorme contribuição para a subversão dessa lógica. Hugo Canuto criou o “Contos dos Orixás”. O que é isso? A ideia é adaptar mitos e lendas sobre divindades da África Ocidental – onde estão países como Nigéria, Benim e Togo…

Read More

Uma das principais entidades de ensino do Ceará, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFCE) está promovendo uma importante campanha neste mês de celebração da Consciência Negra. Por meio do Departamento de Comunicação Social (DCS) e dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabis) de Fortaleza e Boa Viagem, o IFCE levanta a bandeira contra o racismo numa campanha audiovisual que traz depoimentos de servidores e estudantes autodeclarados negros. Os vídeos são publicados nas redes sociais do IFCE e na TV IFCE, canal que o instituto mantém no Youtube. Cinco participações já foram ao ar. O material que encerra…

Read More

BABÁ – Ama-seca, pessoa que cuida de crianças em geral; pai-de-santo. Para alguns estudiosos, essa palavra é originária do quimbundo e, para outros, do idioma iorubá. BABACA – Tolo; boboca. BAGUNÇA – Baderna, desordem. BALANGANDÃS – Enfeites,originalmente de prata ou de ouro, usados em dias de festa. BAMBAMBÃ ou BAMBA – Maioral, bom em quase tudo que faz. BAMBERÊ – Cantiga de ninar entoada por negras velhas da Região Amazônica. (“Bamberê, bamberá / criança que chora quer mamá / Moça que namora quer casá / Galinha que canta quer botá / Bamberê, bamberá”) BAMBOLÊ – Aro de plástico ou metal usado como brinquedo. BANCAR – Fazer o papel de; fazer-se…

Read More