>
26 de Setembro, 2021
GettyImages 1155041400 e1603313247343 2

Pessoas negras ganham mais espaço em Next Step, programa de estágio da Google

O Google está com inscrições abertas para a segunda edição do Next Step, programa de estágio que busca aumentar a representatividade de pessoas negras entre os talentos da companhia. Lançada em 2019, a iniciativa foi ampliada e agora, além de buscar por talentos na Grande São Paulo, também vai selecionar estagiários para o Centro de Engenharia de Belo Horizonte.

As vagas serão divididas nas áreas de Negócios e Engenharia de Software. Para Negócios, serão selecionados estagiários para atuarem em São Paulo, que irá congregar diversas equipes, incluindo vendas, marketing, suporte e soluções para clientes, finanças e jurídico. O estagiário será alocado em uma equipe, mas poderá participar de projetos envolvendo outras áreas ao longo do programa.

Poderão se inscrever estudantes de graduação de qualquer área, contanto que tenham formação prevista entre março de 2024 e junho de 2024. Assim como na primeira edição do programa, não será exigido conhecimento de inglês e os estagiários receberão aulas do idioma custeadas pela empresa.

Já as vagas do programa de Engenharia de Software serão oferecidas em Belo Horizonte. Neste caso, serão considerados estudantes matriculados em cursos de graduação relacionados às áreas de tecnologia, como Ciência da Computação, Engenharia da Computação, entre outros, com previsão de término para o período entre março de 2024 e junho de 2024. Para participar, é preciso ter noções básicas de alguma linguagem de programação, como: C, C ++, Java, JavaScript ou Python, assim como inglês básico para programar.

Os estudantes precisam ter disponibilidade para residir nas cidades onde estão localizados os escritórios do Google.

AUMENTO DA REPRESENTATIVIDADE
O Next Step, com outros programas de estágio no Google, busca apoiar estudantes em seu desenvolvimento profissional, com possibilidade de efetivação após o encerramento do estágio. Para tanto, o Google Brasil tomou uma importante iniciativa para estimular o aumento da representatividade desses talentos na companhia: o programa não exige inglês fluente como pré-requisito.

“Investir em equidade racial no mercado de trabalho é urgente e deve ser responsabilidade de todas as organizações. O Next Step é uma das iniciativas que fazem parte do comprometimento global do Google em aumentar a representatividade de grupos historicamente sub-representados na nossa força de trabalho e criar um senso de pertencimento para todos”, destaca Flávia Garcia, head de Diversidade, Equidade e Igualdade do Google para América Latina e Canadá.

A gerente do Programa de Estágio, Lia Romano, conta que a experiência bem sucedida da primeira turma mostra que o programa vem conseguindo atingir o seu objetivo. “O Next Step surgiu como um projeto-piloto do Google Brasil, criado com o objetivo de refletir melhor a rica diversidade do país na força de trabalho da empresa. Dois anos depois, estamos felizes em anunciar a continuidade do programa”, afirma.

COMO FUNCIONARÁ
Na primeira etapa, será feita uma seleção de perfil com base nos pré-requisitos do programa. Em seguida, os candidatos serão convidados para eventos informativos e focados em desenvolvimento, que, nesta edição, acontecerá virtualmente por conta das restrições ainda impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Nesta etapa, os estudantes serão apresentados à Cultura Google, conhecerão o dia a dia da empresa e terão mais detalhes sobre os atributos avaliados durante as entrevistas.

Os candidatos selecionados após a revisão do formulário e currículo também poderão passar por uma simulação de entrevista com colaboradores do Google com o objetivo de prepará-los para a etapa final de entrevistas com as equipes.

Para as vagas de Negócios, na sede da capital paulista, as inscrições já estão abertas por meio da consultoria externa Empodera e devem ser feitas até 30 de agosto (inscrições neste link). Em Belo Horizonte, para as vagas de Engenharia de Software, a abertura do processo está prevista para o início de setembro, através da plataforma Olabi.

Mais informações no post sobre o programa no blog do Google Brasil.
PARA MAIS NOTÍCIAS SOBRE ECONOMIA, CLIQUE AQUI.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *